Mesmo com a dificuldades quem vem pela frente,visando a reeleição do mandato,Prefeito Walter Volpato (PSDB),pode mudar de partido . Eleito em 2016 com 47,58% dos votos que totaliza 21,478,pela coligação (SARANDI MAIS UNIDO),enfrentou ao longo do seu mandato alguns pedidos de Comissão Processante (CP),fora os casos da (Educação,hidrômetros,Peças da mecânica),continua sobre fase de conclusão do PODER JUDICIÁRIO.

O Novo partido pode ser o Partido social Cristão (PSC),que pode contar com apoio do governador Ratinho Júnior,mas essa reeleição tem pela frente o grupo do ex-prefeito Carlos de Paula (PP),grupo FORTE e com varias lideranças políticas,que o atual prefeito perdeu pelo meio do caminho. Enfrentar o grupo do (Considerado Muro de Concreto),não será fácil e atual sabe disso,mesmo com BOATOS de um possível impedimento político,apoio do grupo poderia também complicar a reeleição ou talvez o Volpato,esteja pensando na quela frase:

“Água mole em pedra dura tanto bate até que fura”

Poxa ! Tava quase esquecendo de comentar que nesse novo partido,ele pode encontrar um viés político que não deu trégua ao longo do seu mandato Fernando Santana(Fernandinho-TMJ),que colaborou com a vitória da atual administração,mas acabou ao logo do caminho deixando a base de apoio,virando outra pedra no sapato da Gestão. Ufa !!

COMPARTILHAR
Artigo anteriorPARANÁ – Professores e funcionários da rede estadual entram em GREVE a partir do 02/12 .
Próximo artigoCOLUNA – UFC Político das redes sociais ?
“A Nação Brasileira está sendo dessangrada. Escolas caindo aos pedaços. Hospitais apodrecendo. Nosso povo morrendo de fome. Um grande esforço deve ser feito, neste momento, em prol da unidade e da salvação nacional. É hora de unir, não de desunir. Vamos nos unir, todos nós, cidadãos comuns da nossa terra, que estivemos até agora observando a História. Vamos, nós mesmos, fazer a nossa História. Vamos unir, portanto, rua com rua, bairro com bairro, cidade com cidade, estado com estado, todos falando a mesma língua, a língua de uma grande nação, próspera e rica, que será a maior nação do mundo no século XXI. É preciso mudar toda a concepção política atual, a fim de que se possa revigorar, fortalecer, engrandecer e salvar nossa Pátria.” D.Henriques Colunista e Blogueiro