Enquanto os participantes do Projeto Superação aguardam o início das aulas no Centro Cultural Irmã Antona, muitos aproveitam o tempinho livre para visitar a Biblioteca Municipal, Izelina Pereira, que fica anexa a Casa da Cultura. O local se tornou um ponto de encontro, inclusive dos pais que acabam frequentando o espaço, enquanto aguardam os filhos que participam das oficinas culturais. O chefe de Cultura, Marcos Mochi, explica que mesmo com uso da tecnologia,smartfones e redes sociais, a frequência tem aumentado.

“Percebemos que as crianças aproveitam para fazer os trabalhos da escola aqui, pois preferem um local silencioso para ler os livros e isso é muito bom porque nos incentiva a dar continuidade a este trabalho tão importante”, Diz Marcos Mochi.

 

LEIA MAIS 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Com informações PMS/ASCOM

COMPARTILHAR
Artigo anteriorSARANDI – PROCON realiza a quinzena da resolução de reclamações de telefonia e TV por assinatura .
Próximo artigoSARANDI – Quem vai assumir a secretária municipal de meio ambiente?
“A Nação Brasileira está sendo dessangrada. Escolas caindo aos pedaços. Hospitais apodrecendo. Nosso povo morrendo de fome. Um grande esforço deve ser feito, neste momento, em prol da unidade e da salvação nacional. É hora de unir, não de desunir. Vamos nos unir, todos nós, cidadãos comuns da nossa terra, que estivemos até agora observando a História. Vamos, nós mesmos, fazer a nossa História. Vamos unir, portanto, rua com rua, bairro com bairro, cidade com cidade, estado com estado, todos falando a mesma língua, a língua de uma grande nação, próspera e rica, que será a maior nação do mundo no século XXI. É preciso mudar toda a concepção política atual, a fim de que se possa revigorar, fortalecer, engrandecer e salvar nossa Pátria.” D.Henriques Colunista e Blogueiro